TUDO ou NADA!?

Por estes dias, passei por um problema dos grandes e nunca, mas nunca imaginei que iria passar por isto um dia em minha vida, mas como tudo na vida há sempre uma vez, isto me serviu de lição e, sobretudo aprendi de como lhe dar com as pessoas, que outrora achava que sabia a coisa mais fácil do mundo que é lhe dar com o ser que nos acompanha.

Foi tudo muito rápido, em meia hora deixei passar, vazar por entre meus dedos a grande felicidade que um dia poderia ter por completo, ao estar por inteiro ao lado dela. Iniciou-se com algumas desconfianças, isto ou aquilo, sei lá o que e de onde ela tirou a idéia que eu dava mais atenção aos outros do que para ela mesma. Fui ficando muito chateado, triste por saber que ela não tinha a total confiança em mim, e o que fazer para proporcionar confiança? Simplesmente não tem como, pelo menos a meu ver, ou a pessoa confia por completo ou não confia e, infelizmente, no meu caso ela não confiou.

O amor é algo estranho. No início, não queremos aceitar, relutamos em acreditar que estamos envolto, mesmo que seja pela segunda vez, com aquele que achamos ser um futuro melhor, onde podemos contar em todos instantes, momentos, tormentas, aflições, alegrias, viver tudo ao lado daquele que tanto amamos.

Depois de muitas palavras, bem desorientada, meio com segundas intenções do desacordo que estava para ter no fim do papo.

O mais interessante, é que há dias eu já estava para terminar tudo, ou fazer com que ela terminasse tudo, pois em meio a tantas estórias em que vivemos juntos, no fundo sempre havia um vazio para ser preenchido, talvez por não ta-la ao meu lado no real, onde poderia eu toca-la, abraça-la...

Foi aí então que após este ocorrido, cheguei a conclusão que não poderíamos mais continuar. Se tem uma coisa em mim que eu admiro é que não consigo prosseguir com uma estória como se tudo estivesse as maravilhas. Não! Não! Continuar seria loucura e certeza que mais adiante o sofrimento seria maior.

Conversando com uma amiga, mostrou-me ela que o termino não poderia ocorrer no momento de fragilidade em que estávamos passando, no entanto em meio aquela trocas de palavras, que se estivesse sendo ditas diretamente, estaria sendo ditas aos gritos e, por fim, terminei tudo.

Só que nesta estória toda, conheci uma pessoa única, especial e acima de tudo uma eterna amizade, e dizendo isto à ela, eis a resposta. OU TUDO OU NADA!?

Imaturidade? Ódio? Rancor? Desprezo? Impulsividade?

Não sei! Não me importa, eu tentei e ainda digo a todos que a tenho como uma eterna amiga.

TUDO OU NADA!?

TUDO – amizade para sempre, feita pelo tudo que há de melhor entre dois seres humanos.

NADA – isso não existe para eu, vou para sempre tentar TUDO contigo.

10 troca de idéias:

Zayin disse...

- "...no fundo sempre havia um vazio para ser preenchido, talvez por não ta-la ao meu lado no real, onde poderia eu toca-la, abraça-la..."
------------------
----------------------
"Foi aí então que após este ocorrido, cheguei a conclusão que não poderíamos mais continuar."
------------------
--------------------------
"NADA – isso não existe para eu, vou para sempre tentar TUDO contigo."
------------------
----------------------------------

Amigo,

Talvez, o fato da distancia possa ter contribuido pra você sentir esse vazio que você se refere.

Acredito: quando duas pessoas tem algo forte entre elas, nem distancia, nem mal influencias, destroi o relacionamento, se este que você se refere, é ou foi um relacionamento.

O vazio que se instalou entre você e ela, pode ser proveniente de alguma falta de esclarecimento entre vocês.

Sera que a Angel vai aceitar esse puxa encolhe de você afiramr que sempre vai tentar algo com ela?

Angel? Venha logo aqui comentar.Estou curiosa de saber tudo!!!!

Forte Abraço grande aventureiro!

R Lima disse...

Se esta é sua resolução meu caro.. vá ao limite e tente TUDO novamente..

Sorte...




[ http://oavessodavida.blogspot.com/ ]

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

Girassol disse...

A vida nos surpreende constantemente. Eis uma verdade inabalável, para o bem e para o mal.
Confesso-me absolutamente surpreendida com tudo o que acabei de ler.
Não tenho sequer o direito de opinar sobre o que quer que seja, pois acima de tudo acredito que sabes o que estás a fazer.
Uma relação é boa enquanto é boa para ambos, é o que penso...
Entre os dois, creio que conseguirão encontrar o melhor caminho.

Beijo.

ki-colado disse...

Olá...

Estou chegando no pedaço e lendo seu relato noto que serviria uma expressão que li num cartaz preso na parede de um estabelecimento onde aparecia escrito:

"O AMOR NÃO É UM OLHAR AMBOS NOS OLHOS DO OUTRO E SIM AMBOS OLHAREM NA MESMA DIREÇÃO".

Hoje, mais do que nunca, as pessoas estão amadurecendo muito tarde, diferente de épocas idas...

A modernidade traz descompromisso, sem esquecer que estamos na era do "descartável". Iniciou-se assim, copos, lenços, fraldas, relógios, carros, chegando até as relações afetivas. É bem mais fácil descartar do que perder tempo tentando consertar.

Desculpe o meu ponto de vista, mas sinceramente digo-te que tudo que começa errado termina errado.

E para o seu consolo está bem pior em New York, city. (No meu ponto de vista sendo romântico)

Greetings.

Guilherme Rampa disse...

Muito bom. Achei muito bem elaborado.
A Confiança não há receita, você ou tem ou não tem, como diz no texto; Você cria ela, e como todos já devem saber, qunado ela é perdida por mais que você procure, nunca vai achar! é como um cristal, a partir do momento que ele quebra nunca mais há conserto.
A confiança quando abalada nunca mais tem volta, na primeira briga que houver será ela a primeira a ser jogada na discussão.

hashmalim disse...

E AGORA? Por onde você anda?

Alua de mel ainda não acabou? Lembre de guardar sempre um pouquinho pra outros dias pra não enjoar! (rsrsrs)

Quero saber noticias!

Beijinhos

hashmalim disse...

Etou de acordo com o comentario do Guilherme Rampa e do ki-colado.

Confiança e olhar na mesma direção!

Beijo

hashmalim disse...

Bom ja estou começando me cansar de ver que esse blog não esta atualizado! (rsrsrsrs) A lua de mel não deve interferir no cotidiano! Quero ver um post novo!

Beijo

hashmalim disse...

hahahahaahahahahahahahahaahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Angelllllllllllll você esta duplamente nesse blog!!!!!!! Estou com dor de barriga de tanto rire!

Pois Willians a Angel tem toda razão! Tem que ter umas reviravoltas nesse blog! Afinal meu amigo blog é pra se distrair em leituras interessantes!!!!

Beijo gataço!

vivendo e aprendendo disse...

´Há algum tempo atrás talvez pensasse eu que não teria mais conserto.Hoje posso dizer que tudo tem seu tempo,e esse tempo a gente é quem faz.
Amor platônico?É por vezes lindo de se viver, nos traz aprendizado e muito sofrimento até entendermos todas as razões.Até descobrirmos se é real,se é verdadeiro.
Tudo pode ser pra sempre e o nada se tornará ausente.
Viva o dia de hoje como se fosse a última oportunidade e seja feliz!!